Endereço

CAMP Jabaquara

Rua Raiz da Serra nº 57

Jardim Oriental - São Paulo - SP
CEP: 04347-010

 

Fone: (11) 2597-5952

Horário de Inscrição:
Segunda à Sexta-Feira,
das 08h30 ás 16h30

  • Grey Instagram Icon
Instagram

Siga @campjabaquara

Facebook

Curta, comente e compartilhe!

© 2016 por CAMP Jabaquara.

Formação de Aprendizes

PROJETO  PEDAGÓGICO - METODOLOGIA

Buscaremos descrever como se dará as ações socioeducativas com conteúdos e atividades teóricas e práticas (formação técnico-profissional metódica) permitindo a inclusão destes jovens aprendizes no mercado de trabalho.

A Legislação da Aprendizagem conceitua este Programa como um ensino técnico-profissional, com processo educativo que, além da formação geral, fornece estudos de caráter técnico e aquisição de conhecimento e aptidões práticas relativas ao exercício de certas profissões.

A Aprendizagem será implementada em consonância com o princípio da proteção integral do adolescente, devendo ser respeitada a sua condição peculiar de pessoa em desenvolvimento e a capacitação profissional adequada ao mercado de trabalho, sendo vedado o trabalho noturno, insalubre, perigoso ou prejudicial à sua formação psicológica, intelectual ou moral.

O Programa de Aprendizagem tem por finalidade o cumprimento da política pública voltada à promoção da profissionalização da juventude entre 14 à 24 anos.

O seu propósito é contribuir para o desenvolvimento social e profissional do adolescente mediante atividades teóricas e práticas desenvolvidas no ambiente de trabalho, oportunizando- lhe, assim, sua primeira experiência profissional.

Uma vez que a aprendizagem profissional pressupõe a frequência ao ensino regular e prevê remuneração ao aprendiz, o programa contribui também para o aumento da renda familiar do adolescente, amplia seu interesse pela escola e promove a inclusão social.

Padronizadas pelo Catálogo Nacional de Programas de Aprendizagem Profissional (CONAP) e Diretrizes Legais da educação profissional e tecnológica e a classificação Brasileira de Ocupações (CBO), enumeramos as atividades realizadas pelo aprendiz, especificados requisitos especiais de idade e escolaridade para o exercício da ocupação, indicada a carga horária teórica e prática total do programa  considerando o Nível de complexidade técnica da ocupação.

Utilizamos a aprendizagem em Arcos Ocupacionais, buscando a vantagem em ampliar as possibilidades de vivências práticas em mais de uma ocupação dentro da mesma organização.

Hoje contamos com os Arcos Administrativos e Comércio, devidamente validados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

As orientações legais do Programa preveem a execução de atividades teóricas e práticas, sob a orientação de entidade qualificada em formação técnico-profissional metódica.

São consideradas atividades teóricas aquelas desenvolvidas na entidade formadora, sob a orientação desta.

As atividades práticas são aquelas desenvolvidas nas instituições parceiras.

São vedadas atividades não pertinentes aos Arcos registrados onde o jovem está sendo registrado.

As atividades práticas desenvolvidas pelos aprendizes, compreendem tarefas metodicamente organizadas e de complexidade progressiva a serem desempenhadas no ambiente de trabalho.

As atividades teóricas devem contemplar no mínimo 20% (vinte por cento) do total da duração do contrato.

As atividades práticas serão compatíveis com o aprendizado teórico, sendo necessária a rotatividade destas tarefas, com complexidade progressiva, segundo a organização curricular do Programa de Aprendizagem construído pela organização formadora e calendário anual da instituição.